FORÇA OCULTA DE COLÁGENO

O material de construção básico de todos os tecidos conjuntivos, isto é, ligamentos, ossos, dentes, vasos ou cartilagens, é a proteína de colágeno insolúvel em água. Em particular, o colagénio fornece ao seu tecido conjuntivo as suas propriedades mecânicas adequadas. Além disso, como componente da matéria intercelular, tem sido implicado em várias funções do tecido conjuntivo recentemente inesperadas, incluindo funções estruturais, imunológicas, nutricionais ou reparadoras.

TIPOS DE COLÁGENO

O colágeno é dividido em 28 tipos, dos quais os mais comuns e mais representados no corpo são os tipos I, II e III. O colágeno geralmente é responsável por até 30% de todas as proteínas do corpo humano, das quais quase 90% incluem o colágeno tipo I. O chamado tropocolágeno é considerado a unidade básica (mais alta) de colágeno. O tropocolágeno tem a estrutura da tripla hélice dextrógiro das cadeias peptídicas alfa. A polimerização de moléculas de trofocolagénio resulta em microfibrilas estriadas. Microfibrilas agregam-se em fibrilas e mais em fibras e feixes de fibras.

ONDE ESTÁ O COLÁGENO?

O colágeno mais comum do primeiro tipo é encontrado, por exemplo, nos ossos, ligamentos, derme da pele ou dente. No entanto, também é encontrado na córnea, órgãos, vasos sanguíneos ou no ovário. Fibrilas de colágeno tipo II são, entre outras coisas, uma parte essencial da cartilagem hialina, ligamentar e elástica. O colágeno tipo III, com sua estrutura e aparência, é semelhante ao primeiro tipo. As fibrilas de colágeno III formam as chamadas redes reticulares, por isso era anteriormente conhecida como reticulina. Fibras reticulares servem principalmente como suporte para tecidos moles. O colágeno III é gradualmente substituído pelo colágeno tipo I durante o desenvolvimento do organismo.

USO EM MEDICINA

O uso de colágeno na medicina, indústria ou cosméticos parece quase inesgotável. Os feixes de fibras de colarinho são uma das principais matérias-primas na fabricação de couro, feitos de filmes de embalagem, restaurações vasculares, fios cirúrgicos e usados ​​em cirurgia óssea ou produtos de cuidados com a pele. Um uso muito importante e atualmente monitorado de perto do colágeno é sua aplicação como transportador de drogas.